Capital Humano

Perfil flexível: definindo a ideia de trabalho no futuro

Empresas e setores tradicionais já vêm sendo impactados por mudanças nunca vistas em termos de demografia, globalização, inovação tecnológica, etc., que ainda vão repercutir por um bom tempo no modo como trabalhamos. Isso significa que, logo, logo, o mundo do trabalho nunca mais será o mesmo.

Consequentemente, o perfil dos colaboradores também vai se transformar bastante. De fato, cada vez mais profissionais já manifestam preferência por trabalhar orientados para projetos e de forma autônoma, sem muita referência às estruturas internas da organização, especialmente quando demonstram sintonia com os novos tempos.

Pensando nessa tendência pela flexibilidade e autonomia (que não pode ser distinguida pela idade/geração!), o report “Future Jobs: How We Will Work in the Europe of the Future”, da Adecco, elencou as principais características desse colaborador flexível, que vai definir significativamente nossa ideia de trabalho após 2020:

Ele cresceu em um mundo em constante mudança.

-Ele sabe que aprender e se adaptar a novas circunstâncias é algo sem fim.

-Mas não só isso: ele sabe que não pode sobreviver como um combatente solitário. Ser bem conectado e ter um círculo de contatos valioso (embora nem sempre evidente) são fatores importantes de sucesso.

-Uma vez que não existe mais segurança na carreira, ele é mais intrinsecamente motivado.

-Sua carreira está orientada de dentro para fora.

-A própria paixão e aquilo que ele mais gosta e sabe fazer melhor, portanto, tornam-se o principal critério de preferência ocupacional.

-O foco, consequentemente, muda de símbolos materiais de status para valores intangíveis: liberdade, autonomia, oportunidades de moldagem e conexão com uma interessante rede de colegas — tornam-se condições de trabalho cada vez mais importantes.

Propósito e oportunidades para a autorrealização ganham destaque na vida profissional.

-Hierarquias rígidas, políticas corporativas e trilhas definidas de avanço organizacional não são de grande interesse.

-Esse perfil também é frequentemente feminino (devido ao aumento da participação feminina na força de trabalho).

-Ele não fica necessariamente empregado indefinidamente em um trabalho fixo.

Advertisements