Top discussion

Lições do passado: sucesso no futuro

Kurzer Bleistift mit NotizblockAprender do passado é uma das formas de entender como os desafios relacionados ao capital humano vão afetar a performance financeira da organização nos próximos três anos. Essa é a conclusão do estudo The Global Leadership Forecast 2014|2015 – Meeting Tomorrow’s Business Challenges, realizado pela DDI (Development Dimensions International, Inc.) em parceria com o Conference  Board, sobre os desafios futuros das organizações.

De acordo com o relatório, as melhores previsões são feitas por quem toma tempo em examinar o passado e não o futuro, pois esses especialistas sabem que, para prever mais precisamente o que virá à frente, é preciso antes reconhecer as tendências históricas da organização. Ao aplicar essa “regra”, descobriram que as empresas com mais foco no desenvolvimento de talento têm 8,8 vezes mais chances de ter uma liderança de qualidade no futuro.

Lembrando a relação estreita que há entre bons líderes e uma melhor performance financeira, Conselhos precisam aumentar a atenção que dão a essa questão. Ainda mais considerando que hoje, no cenário dos negócios, todas as práticas parecem estar padronizadas. Então, para obter diferencial, conselheiros devem se conscientizar, cada vez mais, de que quanto melhor a qualidade do capital humano da uma organização, mais bem-sucedida ela será.

Dr. Miguel A. Quinones, especialista em comportamento organizacional, analisa em seus estudos os principais desafios de capital humano enfrentados pelas organizações atualmente. Segundo ele, a importância da estratégia de “gente” para o sucesso de uma organização é ainda mais pronunciada hoje devido a uma série de tendências cruciais, todas de interesse para quem atua em Conselhos:

Mudanças demográficas
O envelhecimento da população ativa, mais o aumento da diversidade, força as organizações a intensificar a guerra por talentos.

Maior foco no crescimento
Após a tendência de cortar custos para melhorar resultados, há um foco renovado no crescimento de receita.

Conhecimento, inovação, adaptabilidade e colaboração como fatores essenciais de sucesso
Para crescer o faturamento, a alta liderança passou a reconhecer que as fontes primárias de sucesso são fatores que residem dentro de seus colaboradores.

Aumento da importância dos ativos intangíveis, tais como marca, reputação, liderança e estratégia
Esses ativos são cada vez mais resultado dos esforços e habilidades das pessoas na organização.

Reconhecimento de que o capital humano é a principal fonte de vantagem competitiva sustentável
E não mais exclusivamente o acesso ao capital ou o controle dos meios de produção.

Advertisements