Capital Humano

Conselhos e o capital humano

Financial planningSegundo o relatório sobre Capital Humano do Fórum Econômico Mundial de 2013: “As habilidades/capacidades que residem nas pessoas e que são colocadas para uso produtivo podem ser o fator determinante mais importante do sucesso econômico de longo prazo [das organizações] do que praticamente qualquer outro recurso.

Basta pensar como hoje, mais do que em qualquer época, quando a oferta parece igual, clientes elegem uma empresa com base na experiência de interação humana que tiveram.

No entanto, mesmo que apoiar as “estratégias de gente” seja importante para a sustentabilidade do negócio, nem sempre o Conselho parece disposto a incluir em sua pauta discussões dessa natureza: cultura, capacitação, diversidade, relacionamento, saúde e segurança, foco no cliente, employment brand, etc.

Segundo David Creelman e Andrew Lambert: “A ideia de que um Conselho pode proteger com sucesso os interesses de acionistas sem ter um bom controle sobre questões como talento e cultura é arcaico”.

Na verdade, para eles, Conselhos considerados eficientes são aqueles que gastam muito tempo analisando a cultura, liderança e outros elementos do capital humano. Mas não se trata de ficar de olho em indivíduos em particular, e sim de verificar se os processos de gestão de talentos como um todo são eficazes.

Um jeito de fazer com que o Conselho dedique mais atenção ao capital humano é fornecer acesso a informações do RH. Isso significa que diretores de RH têm que passar a influenciar e interagir mais com o Conselho e comitês diretivos, produzindo relatórios úteis sobre capital humano com insights relevantes para o negócio.

Só assim os membros do Conselho poderão desenvolver um entendimento mais claro para identificar quais as questões que têm maior impacto na performance e em perspectivas de negócios futuras. E também ser mais capazes de realizar uma boa supervisão nessas questões, para desafiar a gestão.

Abaixo, dicas dos especialistas para que diretores de RH possam fomentar a discussão sobre capital humano em Conselhos:

• Se antecipe: Não espere o Conselho solicitar insights sobre capital humano. Apresente um panorama cuidadoso das questões sobre pessoas nas discussões de estratégia e reputação, antes que surja qualquer problema.

• Tenha um plano: É preciso tempo para habituar os membros do Conselho, mas o tempo nas reuniões é curto. Planeje como usar as poucas oportunidades, a fim de obter um efeito cumulativo no processo de promover visibilidade e credibilidade à função do RH.

• Crie relacionamentos: Procure conhecer os membros do Conselho — pontos fortes, interesses e peculiaridades. Torne-se uma referência confiável tanto para o Conselho, como para o CEO.

• Selecione/indique conselheiros com experiência em RH: Conselhos muitas vezes não têm ninguém com profundo conhecimento sobre talento e cultura, então ajude o comitê a encontrar pessoas que sejam experientes em RH.

Advertisements